Pesquise aqui

 

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Aprenda as principais características da Dissertação

REDAÇÃO: explicações sobre o texto dissertativo**

Juliana Antunes Barreto*

Neste Post, o objetivo maior é tratar da base do texto dissertativo, não havendo, ainda, uma preocupação com as técnicas de escrita (como introduzir, como desenvolver, como concluir).

·         ANÁLISE DO DISCURSO E ESTUDO DO PRINCÍPIO DA DIALÉTICA

·         Dialética: tese/ antítese/ síntese
§  Dialética é um conceito que define a arte do diálogo.
§  Para os filósofos marxistas, Dialética é o processo de discussão do real.
E o que isso parece ter de relação com o texto dissertativo? É melhor não desistir da leitura e seguir adiante, lendo o que está abaixo.

·         DISSERTAÇÃO
·         OBJETIVOS: Expor ideia/ defender posição
·        USO DE:  Fatos, exemplos,testemunhos e provas, conclusão
·         Impessoal, Denotativa (exceção: recursos poéticos, metáforas, ironias, alegorias), Objetiva.

Por impessoalidade, entende-se que o texto se manterá com um posicionamento um pouco mais distanciado. Alguns entendem isso como: não use a 1ª pessoa. Entretanto, há autores que não proíbem a 1ª pessoa no texto dissertativo. Portanto, como fugir disso? O ideal é que, independentemente de usar 1ª ou 3ª, o candidato esteja ciente da necessidade de evitar expressões muito íntimas, como: eu acho que, eu penso que, na minha opinião, etc. Isso é unânime entre os estudiosos!
Por denotação, entende-se que o texto dissertativo precisa privilegiar o que chamamos de linguagem denotativa, em outras palavras: em sentido real, e não figurado. Mas isso quer dizer que não se deve, de maneira alguma, usar metáforas (apenas para citar um exemplo) no texto dissertativo? Depende. Qual é o objetivo? O mais importante é compreender que cada palavra, na dissertação, deve ser colocada conscientemente, com um determinado objetivo, e não aleatoriamente.

E, em relação à linguagem objetiva, o que podemos entender é que é necessário dizer as palavras o mais brevemente possível, sem rodeios e sem a preocupação de encher demais as linhas com palavras desnecessárias (isso, inclusive, é um vício de linguagem chamado prolixidade!). Ser objetivo é ir direto ao ponto!

TEXTOS EXPOSITIVOS:
o    Objetivo maior de Informar
§  Dissertativo
§  Apresentação científica
§  Relatório
§  Texto didático
§  Artigo enciclopédico

·         TEXTOS ARGUMENTATIVOS:
·         Objetivo maior de Persuadir
·         Nos vestibulares, portanto, o que se costuma pedir são textos: dissertativo-argumentativos



o    TIPOS DE DISSERTAÇÃO
·         Expositiva – não persuade
·         Argumentativa – persuade


Exatamente por essa descrição acima, é que se percebe claramente o motivo de ser solicitado aos estudantes (de vestibulares e concursos) o texto dissertativo-argumentativo. O objetivo é expor uma ideia, convencendo o leitor.

Na redação do Enem, um dos critérios de correção diz respeito à tipologia textual da proposta. Isso quer dizer que escrever um texto que não seja da tipologia exigida na prova faz o candidato (no caso do Enem) zerar. 
Daí a importância de estar totalmente atento às características do texto dissertativo-argumentativo: emitir uma opinião, sair do sendo comum, usar o raciocínio nos argumentos (e não os sentimentos), proporcionar uma coerência e sequência lógica das ideias de modo a ir convencendo o leitor do seu posicionamento.

É isso.


*Prof.ª Mestra em Literatura Brasileira pela UNIMONTES Juliana Barreto juportugale@hotmail.com


** Obs.: Este artigo não possui intenção de caráter científico; portanto, não há referências, e o conteúdo foi elaborado a partir do senso comum e experiência de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário